logo_nova_mulher-p.png
MELHOR IDADE
MASTOLOGIA

Libido também é papo de ginecologista


Libido também é papo de ginecologista

Muita gente acha que o desejo sexual está relacionado apenas aos hormônios sexuais, tanto que chega a pedir pro gineco solicitar exames de contagem hormonal, pra ver como as coisas estão. Pode ser que realmente haja essa relação, mas também pode ser que não. Afinal, há um componente muito importante na participação da libido, ou na falta da dela: o cérebro, e mais especificamente as emoções.


Por isso não se cobre em ser a “rainha do sexo e da libido sempre nas alturas” em 100% do tempo. Isso não existe, porque ao longo da vida o desejo pode alternar entre picos estratosféricos, quedas profundas e um meio termo por uma série de motivos, entre eles:

  • uso de anticoncepcionais à base de hormônios

  • alterações hormonais típicas da menopausa e da pós-menopausa

  • problemas na tireoide

  • gestação (e também gestações, no plural)

  • transtornos de humor, como ansiedade e depressão

  • estresse

  • condições que deixam o sexo dolorido, caso da endometriose e do vaginismo, por exemplo

Por isso, em vez de se culpar, procure um gineco da confiança para entender o que pode estar por trás das alterações no seu corpo e que impactam na libido. Ele vai saber te ajudar com o tratamento mais adequado para o seu caso específico.

Tags: