logo_nova_mulher-p.png

Tudo sobre menstruação: sintomas, TPM absorventes e dicas


Saiba como ocorre a menstruação e entenda as mudanças que acontecem quando uma criança se torna biologicamente uma mulher. Tire dúvidas sobre absorvente e coletor, ovulação, TPM e muito mais


Você sabe tudo sobre menstruação? Muito além do conhecido sangue, a menorreia, nome mais técnico desse processo natural que acontece todos os meses em mulheres férteis até chegar a menopausa. A primeira menstruação costuma acontecer dos primeiros aos últimos anos da adolescência, embora seja mais comum no período inicial.


Apesar de, em alguns casos, causar dores e sintomas incômodos, a menstruação não é doença e não precisa ser impeditivo de nenhuma atividade do dia, a menos que os sintomas sejam muito acentuados e causem desconforto fora do normal. Nesse caso, o indicado é que um médico seja consultado para checar se existe algo fora do comum e esperado.


TPM e os sintomas da menstruação

Apesar de ser muito falado o período mensal da menstruação, o ciclo menstrual das mulheres costuma ser de 28 dias, mas um ciclo regular pode durar entre 21 e 35 dias. Porém, nem todas as mulheres têm a menstruação regulada, por isso a menstruação pode ser uma surpresa para algumas mulheres, ainda mais para as que não sofrem com a tensão pré-menstrual, a TPM.


Por que algumas mulheres têm TPM e outras não?

Nem todas as mulheres sofrem com a TPM, mas por que isso acontece? A TPM ocorre porque os hormônios reprodutivos - estrogênio, progesterona e testosterona - também são potentes hormônios cerebrais. Eles influenciam a química do cérebro, que é responsável por nossos comportamentos e emoções. Suas quantidades variam ao longo do ciclo menstrual, portanto a conexão entre eles e a saúde mental é bastante óbvia.


Infelizmente, ainda não existe uma teoria clara para explicar exatamente quais hormônios desencadeiam substâncias químicas específicas ou por que apenas algumas mulheres têm TPM. Existem, sim, algumas mulheres que se mostram mais suscetíveis a mudanças de humor devido a pequenas flutuações nos hormônios reprodutivos.


Dá para prever a primeira menstruação?

Muitas meninas esperam com ansiedade pela primeira menstruação, mas também cheias de dúvidas. Mas afinal, é possível saber se uma garota já está prestes a ter sua menarca, a primeira menstruação?


A resposta é não necessariamente. Isso geralmente acontece de um a dois anos após os primeiros sinais da puberdade, como crescimento dos seios, aparecimento de pelos corporais, mudanças na pele e nos cabelos, mas existem alguns fatores que podem influenciar a chegada da primeira menstruação, como:

  • Nutrição

  • Exercícios

  • Genética

  • Etnia

  • Tipo físico

  • Estresse

  • Doenças

Como ocorre a menstruação?

A menstruação, que antes era conhecida como “as regras” por pessoas mais velhas, é um sangramento vaginal normal (uma regra, por isso o nome) que ocorre como parte do ciclo fértil de uma mulher, cujo corpo se prepara para uma gestação.


Caso a fecundação, que leva à gravidez, não ocorra, o útero sofre uma descamação de sua camada interna, algo como um processo de troca, para recomeçar a preparação para o feto no mês seguinte. A menstruação é composta de sangue e tecido uterino descamado.


Menstruação sai do mesmo lugar que o xixi?

Não, a menstruação é liberada por meio da vagina, o mesmo canal usado para as relações sexuais tradicionais e por onde saem os bebês e que não é o mesmo canal por onde sai a urina (essa é a uretra, que não conduz a nenhum órgão sexual e está ligada à bexiga). Portanto menstruação e xixi são coisas bastante diferentes e quando a mulher menstrua não tem a sensação de estar constantemente urinando.


Cólicas: efeito natural ou sintoma?

É perfeitamente normal ter a dismenorréia (esse é o nome mais pomposo da cólica) como um dos sintomas da menstruação antes de menstruar e durante a menstruação, mas algumas cólicas persistentes ou muito fortes são mais do que sintoma da menstruação, podem ser o seu corpo dando sinal de que algo está errado, ainda que simples. São as cólicas secundárias.


Algumas causas comuns de cólicas além da menstruação são:

  • ovários policísticos (muito comum no início da vida fértil da mulher)

  • miomas

  • endometriose

  • fibromas

  • tumores pélvicos

  • estenose cervical

  • doença inflamatória pélvica

  • má formação uterina

Mais uma vez, caso as cólicas muito fortes sejam recorrentes e persistentes, o ideal é consultar um ginecologista para investigar a causa desse desconforto que, muitas vezes, se torna incapacitante e faz com que a mulher precise faltar à escola ou trabalho, por exemplo.


Existe também outro tipo de cólica que acontece depois da menstruação, muito menos intensa, que é a dor da ovulação, que acontece quando os ovários liberam o óvulo para as trompas, até que chegue ao útero e aguarde o momento da fecundação. E isso é perfeitamente normal. A dor da ovulação pode ser unilateral, pois os ovários alternam a liberação do óvulo a cada ciclo menstrual, ou seja, se nesse ciclo o óvulo foi liberado pelo ovário esquerdo, no próximo quem o fará será o direito.


Como escolher o melhor absorvente?

Quando falamos em menstruação é automático pensarmos em absorventes. E são tantos tipos que dá para ficar bastante confusa após a primeira menstruação, não é mesmo? Bem, mas não precisa ser assim. A palavra de ordem quando se trata de absorventes é conforto. Use o que te faz sentir mais natural e confortável. Mas se mesmo assim a dúvida ainda for grande, a gente te dá uma mãozinha para escolher.

logo-rodape-p.png

Rua do Bosque, 1621 - Ed. Palatino Cj 101 - Barra Funda - São Paulo CEP 01136-001

Contatos

11   3392-4208

Manda um Whats!
  • Facebook
  • Instagram
  • Youtube

© 2020 por Nova Mulher Clínica - Desenvolvimento Obla Digital